Inestimável é a herança cultural e artística deixada por Michelangelo à cidade de Florença. Uma herança composta principalmente de extraordinárias obras realizadas durante o período que o artista viveu na cidade. Este artigo é um simples convite á todas as pessoas que visitam Florença, para conhecer um pouco mais da obra e da vida de Michelangelo.

Itinerário de Michelangelo em Florença

01) Casa Buonarroti

A Casa Buonarroti é um museu dedicado a memória e a celebração de Michelangelo. O edifício é o resultado da união ocorrida no século XVII de três casas adquiridas por Michelangelo em 1510 (cerca). Em uma dessas casas, Michelangelo viveu alguns anos.

Foi o seu sobrinho neto, Michelangelo, o Jovem (1568-1647) quem mandou decorar o edifício com cenas que celebram a vida do Divino Artista e da sua família, transformando-o assim em uma espécie de Templo da Memória dos Buonarroti.

Além de conservar uma grande coleção de cartas, modelo de madeira da fachada de San Lorenzo, desenhos (expostos em rotação), o museu é periodicamente sede de exposições dedicadas ao universo michelangiolesco.

As principais obras

a) Madonna della Scala (Nossa Senhora da escada)
Maddona della Scala - Michelangelo - Casa Buonarroti.
Maddona della Scala – Michelangelo – Casa Buonarroti.

O baixo-relevo representa Nossa Senhora com o Menino Jesus. No fundo se vê uma ríspida escada, a qual dá o nome a obra. O baixo-relevo foi realizado por Michelangelo aos 15 anos de idade, quando ele frequentava o Jardim de São Marcos de Lorenzo o Magnífico.

b) Batalha dos Centauros
Batalha dos Centauros - Michelangelo - Casa Buonarroti.
os Centauros – Michelangelo – Casa Buonarroti.

Esta também é uma obra juvenil de Michelangelo. Foi realizada seguindo os conselhos do importante poeta da corte dos Medici, Agnolo Poliziano. O tema, provavelmente inspirado na Metamorfose de Ovídio, representa uma vivaz movimentação de corpos heroicos nus, com diversos gestos e expressões. Nesta obra, Michelangelo se inspirou também em diversos sarcofagos romanos que representavam o mesmo tema.

Casa Buonarroti: Via Ghibellina, 70

02)Basílica de Santo Spirito

A sua inconfundível fachada decora o fundo da homônima e vivaz praça no Oltrarno. O harmonioso e sublime interior renascentista projetado por Brunelleschi, abriga obras de Perugino, Filipino Lippi e Andrea Sansovino.

O Crucifixo de madeira de Michelangelo
Crucifixo Michelangelo – Santo Spirito, Florença.

Esta obra de madeira foi realizada por Michelangelo quando era muito jovem. O Crucifixo foi feito para presentear o Priore da Basílica de Santo Spirito em Florença como forma de agradecimento. O Priore Agostiniano autorizou que Michelangelo fizesse estudos anatômicos no hospital do convento. O crucifixo michelangiolesco se encontra na sacristia, projetada no século XV por Giuliano da Sangallo.

3)Museu do Bargello

O nosso Itinerário de Michelangelo em Florença continu no Museu do Bargello. A sede do museu é no antigo palácio do Capitano del Popolo (século XIII). Trata-se de um dos mais importantes museus de esculturas da Itália. Conserva obras dos principais escultores italianos: Michelangelo, Donatello, Ghibert, Brunelleschi, Andrea del Verrocchio, Cellini, Sansovino, Giambologna, Bernini, entre outros. Faz parte do acervo também uma riquíssima coleção de armaduras, objetos de bronze, marfim, etc.

Bacco
Tour Museu do Bargello com guia Brasileira
Bacco, Michelangelo – Museu do Bargello, Florença

A obra foi encomendada pelo Cardeal Riario em 1496, durante a segunda estadia de Michelangelo em Roma. O Bacco revela uma interessante reinterpretação da escultura clássica. O Deus do Vinho, meio cambaleante é representado no ato de levantar um cálice, enquanto um sátiro, muito divertido, lhe rouba um cacho de uvas.

O naturalismo das formas e dos detalhes da obra impressiona. A obra foi comprada por Francesco I de’Medici em 1571/72. Inicialmente foi colocada na Galleria degli Uffizi e mais tarde foi transferida para o Museu do Bargello.

Tondo Pitti
Tondo Pitti - Michelangelo - Museu do Bargello.
Tondo Pitti – Michelangelo – Museu do Bargello.

Este baixo-relevo de mármore em forma circular foi feito em torno de 1505 para Bartolomeo Pitti. É contemporâneo aos outros tondi michelangioleschi (o Tondo Doni do Uffzi e o Tondo Taddei de Londres).

No Tondo Pitti vemos Maria em primeiro plano, com um livro aberto sobre os joelhos. Com um olhar ausente, parece meditar sobre o destino do Filho, quase uma prefiguração de uma das sibilas da Capela Sistina. Apoiado a Maria, o Menino Jesus. No fundo emerge figura de São João Batista criança.

David-Apolo
David-Apolo- Michelangelo - Museu do Bargello.
David-Apolo- Michelangelo – Museu do Bargello.

O nome duplo deriva da interpretação incerta da obra. Após o assédio de 1530, que marcou o retorno dos Medici em Florença no final da segunda República Fiorentina, Michelangelo foi forçado a realizar este trabalho para o Comissário Papal Baccio Valori, como condição para obter o perdão da importante família Medici.

A obra retrata um jovem completamente nu. A escultura é particularmente fascinante pelo uso do contrapposto e da complexa torsão, que multiplica os pontos de vista da obra.

Brutus
Brutus, Michelangelo - Museu do Bargello.
Brutus, Michelangelo – Museu do Bargello.

O busto, claramente inspirado na estatuária clássica (Caracala dos Uffizi), foi esculpido em Roma por volta de 1540 a pedido de Donato Giannotti, florentino exilado em Roma com o qual Michelangelo compartilhava ideais republicanos.

Conforme algumas hipóteses, Michelangelo teria retratado Lorenzino de ‘Medici (aquele’ Lorenzaccio ‘que em 1537 assassinou o duque Alessandro de ‘Medici), celebrando assim o tiranicídio.

4)Galleria dell’Accademia

Sinônimo de David de Michelangelo, mas não apenas. Fundada no século XVIII como um ambiente de ensino para estudantes da Academia de Belas Artes. Desde 1873, com a aquisição de David, e depois de outras obras do artista (incluindo a controversa Pietà di Palestrina) é cada vez mais caracterizada como Museu de Michelangelo.

Além do núcleo escultural, fazem parte do acervo do museu a pinacoteca com modelos de gesso de Lorenzo Bartolini e Luigi Pampaloni, pinturas do século XIII ao XVI e o interessante museu de instrumentos musicais antigos que pertenciam a família Medici e aos Lorenas.

São Mateus
São Mateus - Michelangelo - Galleria dell'Accademia
São Mateus – Michelangelo – Galleria dell’Accademia

Com a finalização do David, a Ópera do Duomo de Florença confiou a Michelangelo uma nova grande tarefa: a de esculpir os doze apóstolos em tamanho maior que o natural. As esculturas deveriam ser inseridas nos nichos dos pilares sob a cúpula da Catedral. A comissão remonta a 1503, com a assinatura do contrato em 24 de abril, e a entrega era de uma estátua por ano.

Michelangelo conseguiu iniciar somente uma escultura, o São Mateus, antes de partir para Roma em 1505. A obra não foi finalizada e é um dos primeiros exemplos do non-finito do artista.

Os Prisioneiros (Escravos)
Prisioneiros - Michelangelo - Galleria dell'Accademia - Florença.
risioneiros – Michelangelo – Galleria dell’Accademia – Florença.

São 4 esculturas não finalizadas realizadas para uma das muitas versões do túmulo do Papa Júlio II em Roma. Os outros dois ‘escravos’ pertencentes ao mesmo projeto fazem parte do acervo do Louvre em Paris.

Renomeado com várias denominações (Escravo que acorda, Escravo Barbudo, o Jovem, o Atlas), o grupo de esculturas foi objeto de várias interpretações. As obras são muito importantes pois revelam os diferentes estágios de processamento do mármore. No estado no qual se encontram, parecem evocar o imenso esforço da ideia criativa de se livrar do peso corporal da matéria.

Os Prisioneiros foram comprados por Cosimo I, que os colocou originalmente na Gruta de Buontalenti, no Jardim Boboli.

David
David - Michelangelo - Galleria dell'Accademia - Florença.
David – Michelangelo – Galleria dell’Accademia

Obra-prima do Renascimento Italiano. Foi encomendado pelo Opera del Duomo em 1501 e finalizado três anos depois. De um bloco de mármore já iniciado e abandonado por escultores do século XV, Michelangelo realizou uma interpretação revolucionária do herói bíblico, criando o ideal da beleza renascentista.

A obra foi colada na Piazza della Signoria, em frente ao Palazzo Vecchio, como símbolo político da orgulhosa República Florentina. Em 1875, o David foi transferido, por motivos de conservação para a Galleria dell Accademia.

05) Galleria degli Uffizi

Um dos museus mais importantes do mundo. Oferece uma extraordinária visão geral da pintura italiana e europeia desde do Século XIII ao Século XVIII.

Tondo Doni
Tondo Doni - Michelangelo - Galleria degli Uffizi
Tondo Doni – Michelangelo – Galleria degli Uffizi

Feito para o casamento de Agnolo Doni e Maddalena Strozzi, é a única pintura de Michelangelo em Florença. A obra representa a Sagrada Família e no plano de fundo vemos São João Batista Criança. A série de nus no fundo é provavelmente uma alusão ao mundo pagão. Esplêndida é a moldura que além de ser original é ricamente esculpida.

06) Palazzo Vecchio

É um dos monumentos simbólicos da cidade. Projetado no final do Século XIII por Arnolfo di Cambio, o Palazzo Vecchio ainda é a sede do governo da cidade.

O Gênio da Vitória
Gênio da Vitória - Michelangelo - Palazzo Vecchio.
Gênio da Vitória – Michelangelo – Palazzo Vecchio

A estátua, doada em 1564 para Cosimo I de ‘Medici está localizada no salão monumental dos Quinhentos. A obra, que não apresenta analogias com os prisioneiros, foi realizada para uma versão do túmulo de Papa Júlio II em Roma. A jovem alegoria da vitória, com a cabeça coroada com folhas de carvalhos (alusão provável ao emblema do família papal, Della Rovere), olha em direção ao corpo do prisioneiro, submisso.

7) Complexo de San Lorenzo

O complexo inclui uma série de monumentos (a Basílica de San Lorenzo, a Biblioteca Laurenziana, e as Capelas Médici). De antiga origem (393 d.C), a Basílica foi remodela de acordo com o projeto do arquiteto Filippo Brunelleschi.

Imperdível a Sacristia Velha, um verdadeiro poema geométrico, foi o primeiro núcleo do mausoléu dos Medici. No interior da Basílica você vai poder admirar também obras de Donatello, Verrocchio, Filippo Lippi, Bronzino e Rosso Fiorentino, entre outros.

O modelo de madeira feito por Michelangelo para a fachada, nunca realizada, é conservado no museu da Casa Buonarroti.

As Capelas dos Medicis (Cappelle Medicee)

As Capelas são o verdadeiro mausoléu da dinastia Médici. Consiste em uma série de espaços distintos: a Cripta, a Capela dos Príncipes e a Sacristia Nova.

A Capela dos Príncipes é um impressionante e luxuoso ambiente revestido com incrustação de pedras semipreciosas, que acolhe os sarcófagos dos Grandes Duques Medici.

Sacristia Nova
Tumulo Giuliano de’Medici duque de Nemours – Michelangelo -Sacristia Nova- Florença

É assim chamada em relação a Sacristia Velha realizada por Brunelleschi no lado oposto do transepto da Basílica. Este espaço extraordinário, é a síntese sublime de escultura e arquitetura, repleta de símbolos. Famosos são os túmulos de Giuliano Duca de Nemours e Lorenzo Duca de Urbino (com as respectivas estátuas alegóricas do Dia, da Noite, do Crepúsculo e da Aurora.

No túmulo inacabado de Lorenzo, o Magnífico e Giuliano de ‘Medici, entre os santos padroeiros da família Medici (obras realizadas por assistentes), a sublime Madonna com criança (Madonna Medici) é uma obra autógrafa de Michelangelo.

Biblioteca Medicea-Laurenziana

Biblioteca Laurenziana - Michelangelo - Florença
Gênio da Vitória – Michelangelo – Palazzo Vecchio

O acesso a Biblioteca Laurenziana é feito a partir do grande claustro da Basílica de San Lorenzo. A coleção de livros, códices e papiros – iniciada por Cosimo, o Velho, sob a supervisão de importantes

humanistas – é única no mundo. Em 1523 Clemente VII, Papa Médici, confio o projeto da Biblioteca a Michelangelo, que continuou a seguir as obras, mesmo após a partida final para Roma em 1534. O vestíbulo é impressionante, foi definido como “Arquitetura esculpida” e é dominado pela genial escadaria realizada em pedra serena.

8)Museu da Opera del Duomo

Este museu possui no seu acervo uma série obras importantes realizadas para o complexo da Catedral Santa Maria del Fiore ao longo dos séculos. A partir esculturas da antiga fachada realizada por Arnolfo di Cambio, os coros de Luca Della Robbia e Donatello, a Maria Madalena e a série Profetas para a Torre Campanária, as portas originais do Batistério, etc.

A Pietà
Pietà Bandini - Michelangelo - Museu da Opera del Duomo - Florença.
Pietà Bandini – Michelangelo – Museu da Opera del Duomo – Florença.

Obra-prima de grande intensidade dramática… Sublime expressão da espiritualidade de Michelangelo. A obra foi realizada originalmente para o monumento fúnebre de Michelangelo em Santa Maria Maggiore em Roma. Esta Pietà foi esculpida por Michelangelo por volta de 1550, quando o mestre já tinha uma certa idade.

Danificada pelo artista em um momento de fúria ou insatisfação, mais tarde foi restaurada e integrada por um dos seus alunos. No topo da composição piramidal Nicodemos (cuja aparência reconhecemos o autorretrato de Michelangelo) que contempla intensamente, o corpo de Cristo.

09)Basílica de Santa Croce

Basílica de Santa Croce - Florença
Tumulo Michelangelo – Basilica de Santa Croce – Florença

Finalmente o nosso Itinerário de Michelangelo em Florença finaliza no local onde ele repousa eternamente.

O último local onde você não pode deixar de visitar, é a Basílica de Santa Croce. Ali, Michelangelo e diversos membros da família Buonarroti repousam eternamente. Já dedicamos um artigo ao túmulo de Michelangelo.

Se quiserem o acompanhamento de um guia de turismo especializado durante a sua visita, fale conosco. Bom passeio!

Achou este artigo interessante?
Compartilhe em sua rede de contatos do Twitter, no seu mural do Facebook. Compartilhar o conteúdo que você considera relevante ajuda esse blog a crescer. Grazie!


Cristiane de Oliveira

Brasileira do Rio de Janeiro, vive em Florença ha 12 anos. Apaixonada por arte, historia e bons vinhos. Guia de turismo e sommelier na Toscana.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *