Salvatore Ferragamo: 1927 – O retorno à Itália. Um inteiro palácio na elegante Via Tornabuoni em Florença, hospeda a boutique e o Museu Ferragamo, com os protótipos dos calçados feitos pelo célebre sapateiro das atrizes, divas e porque não, das mulheres normais amantes do estilo de Ferragamo.

Em 1915, com apenas 17 anos, Salvatore Ferragamo deixou sua cidade natal em Irpinia, Bonito, para ir para a América aperfeiçoar a arte do calçado, embarcando em terceira classe de um navio chamado “Stampalia“. Nos Estados Unidos ele trabalhou, estudou a anatomia do pé, experimentou métodos inovadores de medidas e tempos depois abriu sua loja ganhando fama internacional.

Mas um dia ele resolveu voltar a sua pátria. Doze anos depois, em 1927, ele retornou para a Itália no transatlântico “Roma“: desta vez na primeira classe, com 250.000 mil dólares no bolso e acompanhado do famoso apelido “sapateiro das estrelas” que ganhara em Hollywood.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *