Salvatore Ferragamo: 1927 – O retorno à Itália. Um inteiro palácio na elegante Via Tornabuoni em Florença, hospeda a boutique e o Museu Ferragamo, com os protótipos dos calçados feitos pelo célebre sapateiro das atrizes, divas e porque não, das mulheres normais amantes do estilo de Ferragamo.

Em 1915, com apenas 17 anos, Salvatore Ferragamo deixou sua cidade natal em Irpinia, Bonito, para ir para a América aperfeiçoar a arte do calçado, embarcando em terceira classe de um navio chamado “Stampalia“. Nos Estados Unidos ele trabalhou, estudou a anatomia do pé, experimentou métodos inovadores de medidas e tempos depois abriu sua loja ganhando fama internacional.

Mas um dia ele resolveu voltar a sua pátria. Doze anos depois, em 1927, ele retornou para a Itália no transatlântico “Roma“: desta vez na primeira classe, com 250.000 mil dólares no bolso e acompanhado do famoso apelido “sapateiro das estrelas” que ganhara em Hollywood.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para continuar navegando, aceite a nossa política de cookies Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close