Para recordar a morte de Trajano, hoje vamos conhecer um pouco de uma obra que faz parte do acervo do Uffizi: O busto do Imperador Trajano.

No dia 11 de agosto de 117, morre o Imperador Trajano. Foi imperador romano de 98 a 117. Durante sua administração, o Império Romano atingiu sua maior extensão territorial graças às conquistas do leste. Trajano também é notado pelos seus extensos programas de obras públicas e as políticas sociais implementadas durante o seu reinado. 

Foto: Busto do Imperador Trajano, Galleria degli Uffizi, Florença. 

A cabeça foi feita com mármore de origem grega e o restante com mármore italiano, muito provavelmente de Luni, nos Alpes Apuanos. 

Muito expressivo, o busto representa o Imperador Trajano em plena maturidade. O rosto é marcado fortemente pelos traços do tempo. A expressão é intensa e majestosa, principalmente pela posição rígida e frontal da cabeça; o olhar concentrado e distante. Os lábios sutis e fechados, que parece acenar um leve e enigmático sorriso. O pescoço curto e com volume. O cabelo colado na testa, como se fosse uma calota. 

A cabeça, de época antiga, foi colocada em um busto de época moderna, coberto por uma couraça que é envolvida por um manto militar. 

Os retratos de Trajano conservados em estátuas e bustos que chegaram até nós – cerca de 125, superam todos os outros imperadores, com exceção de Augusto.

Achou este artigo interessante?
Compartilhe em sua rede de contatos do Twitter, no seu mural do Facebook. Compartilhar o conteúdo que você considera relevante ajuda esse blog a crescer. Grazie!


Cristiane de Oliveira

Brasileira do Rio de Janeiro, vive em Florença ha 12 anos. Apaixonada por arte, historia e bons vinhos. Guia de turismo e sommelier na Toscana.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *