São Valentino antecipado em Florença: Festa dos Doni e bilhetes gratis no Uffizi.

No dia 31 de janeiro, a Galleria degli Uffizi estará em festa. Trata-se do aniversário de casamento (516anos!) de um dos casais mais importante da história da arte renascentista: Agnolo Doni e Maddalena Strozzi.

A história matrimonial deste casal é ligada duplamente a história da arte.  Rafael Sanzio imortalizou o jovem casal com dois retratos que hoje fazem parte do acervo da Galleria degli Uffizi.  Foram eles que encomendaram ao Divino Michelangelo a famosa Sagrada Família, conhecida como Tondo Doni, também no Uffizi.

O casal Doni de Rafael Sanzio: Agnolo e Maddalena Strozzi

Agnolo Doni  foi um grande comerciante de tecidos, um grande expoente da alta burguesia florentina. Os Doni eram uma rica família florentina de colecionadores e patronos: entre os protagonistas indiscutíveis do mercado de arte na Itália e no exterior entre os séculos XV e XVI .

No ano de 1504, Agnolo Doni contrai  matrimônio com a nobre Maddalena Strozzi. A família Strozzi, era uma das mais poderosas de Florença. Para ocasião foi organizada uma grande e luxuosa cerimônia.  E assim, após mais de 500 anos, a Galleria degli Uffizi dedica a este aniversário um dia especial.

Os casais que visitarão a Galleria degli Uffizi no dia 31 de janeiro de 2020, só pagarão um ingresso, o outro será gratuito.  O diretor da Galleria degli Uffizi, Eike Schmidt, declarou que a idéia era “oferecer a todos os enamorados uma pequena antecipação do dia de São Valentino, além de celebrar simbolicamente a grandeza do amor de Agnolo e Maddalena  que marcou para sempre a história da arte”.

Em ocasião do evento, o Uffizi também lançará uma campanha no Instagram: todos os casais poderão tirar uma selfie diante de suas obras favoritas e publicá-las no social usando as hashtags #Uffizi e #Festadeidoni.

Sala de Michelangelo e Rafael – Galleria degli Uffizi

Há alguns meses, o Tondo Doni e os dois retratos são visíveis na nova sala no segundo andar da Galeria degli Uffizi dedicada às obras-primas de Michelangelo e Rafael.  A nova sala, com paredes cinzas suaves, estão alojados obras como a famosa Madonna com o Pintassilgo, os retratos de Guidobaldo da Montefeltro e Elisabetta Gonzaga de Rafael, obras do Frade Bartolomeu  e uma cabeça de mármore helenística, representando o Alexandre o Grande em agonia  muito famosa no Renascimento.

Se desejas conhecer as obras-primas e as suas curiosidades, reserve já a sua visita guiada conosco.

Atualizado em 06-12-2019


Cristiane de Oliveira

Brasileira do Rio de Janeiro, vive em Florença ha 12 anos. Apaixonada por arte, historia e bons vinhos. Guia de turismo e sommelier na Toscana.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *