O Palazzo Pitti em Florença será cenário do novo videogame que será lançado nos próximos meses. O The Medici Game está em desenvolvimento e será disponivel no próximo outono (europeu) em todas as plataformas móveis. A protagonista do jogo será uma histórica da arte com um mistério a resolver.

A equipe do TuoMuseo, agência premiada responsável pelo sucesso dos jogos como Father and Son, criado para o Museu Arqueológico de Nápoles, e Past for future, dedicado ao Museu Arqueológico Nacional de Taranto, está prestes a lançar um novo videogame com um tema cultural: The Medici Game – Murder at Pitti Palace, estará disponível nos formatos móveis (celulares e tablets). O jogo será disponibilizado nas principais lojas digitais nas versões iOS e Android em italiano, inglês, espanhol, russo, português, chinês e japonês.

O cenário em que a história se passa, como pode ser visto no título, é o Palazzo Pitti, última residência dos Medici em Florença. Eike Schmidt, o diretor das Gallerias dos Uffizi declarou que é uma tentativa de aproximar o público mais jovem aos museus, oferecendo ideias inovadoras para que eles se apaixonem pela herança cultural florentina. O encontro com arte e beleza ocorre, assim, através da brincadeira, uma ferramenta didática muito poderosa.

Atualmente em desenvolvimento, The Medici Game será uma aventura de gênero investigativo. A protagonista da história é uma jovem historiadora da arte chamada Caterina, que se vê envolvida em um misterioso caso de assassinato enquanto visita o Palácio Pitti.

Os cenários, reproduzidos fielmente em gráficos digitais usando como ponto de partida uma série de imagens fotográficas, são algumas das salas mais famosas do Palácio: a Sala Branca, a Sala de Saturno – onde o autorretrato de Rafael é exibido – e a de Prometeu , bem como algumas partes dos jardins de Boboli e da Gruta de Buontalenti.

Para resolver o enigma e deixar a aventura sã e salva, Caterina terá que combinar seu conhecimento histórico-artístico com suas habilidades de detetive, resolvendo uma série de quebra-cabeças que levam o jogador a descobrir os segredos do antigo palácio. Mesmo que o jogo ainda não tenha sido lançado, Caterina já tem um perfil no Instagram (caterina_florence92), onde publica fotos e imagens, como uma personagem real.

Trata-se de uma grande ideia para aproximar o público jovem à história da arte e especialmente ao Palazzo Pitti.

Achou este artigo interessante?
Compartilhe em sua rede de contatos do Twitter, no seu mural do Facebook. Compartilhar o conteúdo que você considera relevante ajuda esse blog a crescer. Grazie!


Cristiane de Oliveira

Brasileira do Rio de Janeiro, vive em Florença ha 12 anos. Apaixonada por arte, historia e bons vinhos. Guia de turismo e sommelier na Toscana.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *