No artigo de hoje vamos conhecer um pouco do Val d’Orcia, patrimônio natural da Unesco. O Val d’Orcia (vale do rio Orcia) é localizado na província de Siena e é conhecido principalmente pelas paisagens de sonhos, típicas dos cartões postais da Toscana e pela sua excelente gastronomia.

Paisagem tipica do Val d’Orcia

O Val d’Orcia, patrimônio natural da Unesco: uma paisagem modelada pelo homem

Colinas suaves cobertas por vegetação densa de vinhedos, olivais, ciprestes e castanheiras, interrompidas por antigos burgos medievais, casas rurais e fortalezas com torres impenetráveis que se dispersam na natureza isolada e pacífica: esse é o cenário que apresenta-se aos olhos do visitante do Val d’Orcia, um cenário evocativo, tal como retratado pelos mestres da pintura da escola de Siena.

Em 2004, o Val d’Orcia (Vale do rio Orcia) foi inscrito na UNESCO como uma área de patrimônio natural  da humanidade, com as seguintes razões: o Val d’Orcia é um excelente exemplo de como a paisagem natural foi redesenhada durante o período da Renascença para refletir os ideais de boa governança (Buon Governo) e criar uma imagem esteticamente agradável.

A paisagem do Val d’Orcia foi celebrada pelos pintores de Siena, que floresceram durante o Renascimento. As imagens do Val d’Orcia e, em particular, as reproduções de suas paisagens, nas quais as pessoas representadas vivem em harmonia com a natureza, tornaram-se ícones do Renascimento e influenciaram profundamente a maneira de pensar a paisagem nos anos seguintes.

efeitos-do-bom-governo-lorenzetti

Efeitos do Buon Governo – Ambrogio Lorenzetti – Palazzo Pubblico de Siena

O ciclo de afrescos de Ambrogio Lorenzetti “Alegoria e Efeitos do Bom e Mau Governo” (1338-1339), preservado no Palazzo Pubblico de Siena, é um exemplo perfeito da paisagem do Val d’Orcia. São obras de arte capazes de ir além do valor artístico para transcender a arquitetura, o meio ambiente e o social.

A origem do nome Orcia

Mesmo com alguma incerteza etimológica, podemos chegar ao nome etrusco urk  (Latin orca, orceus), que significa “orcio”, no sentido de córrego, torrente, riacho pequeno. Orcia é o rio que surge perto do Monte Cetona e atravessa o vale, caracterizando-o, portanto, não só morfologicamente, mas também dando-lhe o topônimo.

As cidades do Val d’Orcia

O Val d’Orcia visto de Montalcino

Fazem parte do Val d’Orcia os seguintes municípios, todos na província de Siena: Castiglione d’Orcia, Montalcino, Pienza, Radicofani e San Quirico d’Orcia. Seu território consiste principalmente em uma paisagem montanhosa com formas suaves e vales levemente acentuados. O curso do rio Orcia atravessa o vale. O elemento dominante da paisagem é constituído por fenômenos de erosão, que freqüentemente revelam o substrato de argila de cor clara.

Todos os municípios do Val d’Orcia, além da paisagem, também são interessantes do ponto de vista histórico-artístico, apresentando destaques arquitetônicos da Idade Média (século XI-XIV) e Renascentista (séculos XV-XVI).

As cidades mais importantes do Val d’Orcia são: em San Quirico d’Orcia (Colegiada, Palazzo Chigi e Horti Leonini); em Pienza (a Catedral, a Igreja de S. Francesco, a Pieve di Corsignano, os palácios Ammannati, Piccolomini e Vescovile); em Montalcino (a Rocca, o Palazzo Comunale, a Igreja de S. Agostino); em Castiglione d’Orcia (a Rocca degli Aldobrandeschi); em Radicofani (a Rocca e a muralha Medicea).

Entre as pequenas aldeias espalhadas no Val d’Orcia são:  Monticchiello, Corsignano, Castelluccio e Spedaletto, no município de Pienza; Rocca d’Orcia, Campiglia d’Orcia, Ripa d’Orcia e Vivo d’Orcia, na cidade de Castiglione d’Orcia; Bagno Vignoni no município de San Quirico d’Orcia; Castelnuovo dell’Abate no município de Montalcino.

Abbazia di Sant' Antimo - Montalcino

Abbazia di Sant Antimo – Montalcino

De grande interesse são também os testemunhos da arquitetura religiosa espalhados no vale, como o mosteiro camaldulense de San Piero in Campo; o Mosteiro Olivetano de Sant’Anna em Camprena; e  a mais bela obra religiosa de todo o Val d’Orcia: a maravilhosa Abadia de Sant’Antimo, na comuna de Montalcino.

Desejas conhecer as cidades e degustar os melhor vinhos do Val d’Orcia? Fale conosco e reserve já o seu wine tour na Toscana  com guia de turismo brasileira.

Categorias: Val d'Orcia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Para continuar navegando, aceite a nossa política de cookies Mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close